10 de novembro de 2009

O VENTO - Por Geise Cruz

Os ventos tudo sopram
Até o meu viver
Suave como brisa
Traz teu cheiro a me envolver.

As folhas balançam,
As flores sacodem,
O sol sintoniza sua beleza
A vida tem forma nessa natureza.

O céu azul me encanta
Mas não mais que teus olhos
Que como estrelas,
Sempre a brilhar,
Iluminam o meu céu
Dão mais brilho ao luar.

3 comentários:

Mayara disse...

Supremo Geise ^^
Você escreve com a alma *-*

Davi disse...

Sabe porque eu amo o vento? Porque ele é invisível e mesmo assim deixa marcas no mundo.... às vezes boas, às vezes ruim.

Acho q sou meio vento \o/

Geise Cruz disse...

uhuuL Amei a interpretação Davi' Penso que todos somos ventos mas uns mais intensos e perigosos' hehe. Bjs