26 de novembro de 2009

FIM DE TARDE - Por Geise Cruz

Que tarde bela eu passei a seu lado,
Vendo a lua surgir, o céu azul pontilhado,
Vendo teu sorriso, de brilho e encanto,
Embalando minha vida nesse doce acalanto.

Palavras não podem expressar o que senti
Ao ver o brilho de teus olhos, tua mão e me sentir,
Nosso amor acontecendo e a bela tarde cair...


Teamo!

2 comentários:

Mayara disse...

Poema encantador *-*
Amei!!

Davi disse...

encantador² mesmo =]