7 de agosto de 2009

Poesia da Carta - Por Geise Cruz

Não gosto de te ver assim amor, tão triste, sem sorrir o que houve contigo? Porque estas assim?
Sei que as vezes faço loucuras,que não sei me expressar, mas sei também que te amo muito, apesar de não falar.
Não falar não implica em não sentir e sim em não saber passar a imagem que tenho de ti, a imagem de anjo que veio me abençoar, me ensinar o que é o amor, me ensinar a ti amar.
As vezes faço besteira, você sabe como sou, não meço as consequencias mas isso faço por amor.
Espero que um dia você possa me desculpar, por todas minhas burrices, dores que te fiz passar!
Por mais que eu escreva, uma angústia ainda há, por ver-te assim tão triste, e tão longe o teu olhar...

*Nome dado pela estrutura (ou falta dela) no poema wlw.

Um comentário:

UMA MULHER INTELIGENTE' :) disse...

Sem comentários!!!
JESUUUUUS!! :O

Qdo eu acho que nao pode melhorar ... run