24 de outubro de 2009

Medalha de São Jorge por Moacyr Luz e Aldir Blanc


 

Fica ao meu lado, São Jorge Guerreiro Com tuas armas, teu perfil obstinado
Me guarda em ti, meu Santo Padroeiro
Me leva ao céu em tua montaria
Numa visita a lua cheia
Que é a medalha da Virgem Maria
Do outro lado, São Jorge Guerreiro
Põe tuas armas na medalha enluarada
Te guardo em mim, meu Santo Padroeiro
A quem recorro em horas de agonia
Tenho a medalha da lua cheia
Você casado com a Virgem Maria
O mar e a noite lembram a Bahia
Orgulho e força, marcas do meu guia
Conto contigo contra os perigos
Contra o quebrando de uma paixão
Deus me perdoe essa intimidade:
Jorge me guarde no coração
Que a malvadeza desse mundo é grande em extensão
E muita vez tem ar de anjo
E garras de dragão.

Bom acabei de descobrir a história desse Santo tão importante e famoso, resolvi postar esse poema que achei lindo. Espero que tenham gostado!

Um comentário:

Mayara disse...

"E muita vez tem ar de anjo
E garras de dragão."

Disse tudo *-*
Gostei do Poema ^^